segunda-feira, agosto 11, 2008

Uma história de violência (V)

No "Público" on-line - Loures: Criança de onze anos morta por GNR durante assalto.

Só quem não conheça o triste registo das polícias neste país bem expresso nos sucessivos relatórios da Amnistia Internacional, a sua tradicional falta de profissionalismo e preparação que tem como resultado a facilidade com que carregam no gatilho acertando em tudo o que mexe, ou então, como foi o caso, quem perfilha a demagogia mais rasteira, poderia pensar que a forma como foi gerida e inconscientemente louvada a participação da PSP no assalto à dependência do BES não traria, mais dia menos dia, maus resultados e desastrosas consequências. Infelizmente, mais cedo do que esperava quando escrevi este post sobre o modo como um dos piores e mais desastrados ministros deste governo, Rui Pereira (um autêntico “chega-me isso” do PS) geriu o acontecimento. Aguardo com interesse o que dirá agora e qual a sua autoridade para tomar as decisões que, neste caso, se justificam. Escancarou a caixa de Pandora; agora que a feche, se for capaz.

5 comentários:

Manel João disse...

O senhor não deve é ter o minimo de inteligência nessa sua cabeça.

Então a policia faz mal ao disparar sobre dois assaltantes que ameaçaram executar reféns que nada fizeram?

A policia faz mal disparar contra um carro que os quer disparar?

Tenha dó.
Use a cabecinha, amigo.

Manel João disse...

Enganei-me:

Atropelar* xD

luis disse...

O senhor que escreveu o comentário negativo sobre os nossos policias deve estar farto da boa vida que leva, o que lhe falta é ser roubado torturado por marginais para abrir a pestana

António Alves disse...

quando estes'heróis' da pena de morte levarem um balázio na tromba dum qualquer polícia que resolveu 'neutralizá-lo' só porque iam em excesso de velocidade eles mudam de opinião.

JC disse...

Os insultos, a mim ou a qualquer dos autores dos comentários, mesmo que eles próprios insultuosos, ficam, claro está, sem resposta.