quarta-feira, fevereiro 22, 2012

Traduções...

Porque não têm um pouco mais de cuidado com as traduções? Acabo de ouvir, no canal História, referirem-se ao Hôtel Matignon, residência oficial do primeiro-ministro francês, como se de um hotel, na acepção portuguesa do termo, se tratasse ("vá ter comigo ao Hotel Matignon"). Convém lembrar que "hôtel", em francês, é o termo usado para designar uma mansão ou pequeno palácio (ou "palacete"), muitas vezes sede de serviços públicos. Por exemplo, Hôtel de Ville é a sede do município, ou Paços de Concelho. É que não custa nada...

9 comentários:

VdeAlmeida disse...

Bom meu caro, mas para isso é preciso ter alguma bagagem, alguma cultura geral. Aos tradutores de hoje, isso exige-se? Claro que não. Temos um ensino demasiado "americanizado"
Já agora, o Hotel de Ville é só uma das muitas pérolas de Paris.

Abraço

JC disse...

Nem tanto assim, VdeAlmeida. A frase era dita por um membro do governo e, portanto, sabendo o significado da palavra "hôtel" em francês, bastava ver na net. É mais preguiça mental...
Já agora, por detrás do Hôtel de Ville havia tb um boa loja de discos em 2ª mão. Entretanto, mudou-se p/ o Marais.
E se fosse a v. pedia à UEFA p/ não jogar c/ o City...
Abraço

VdeAlmeida disse...

Talvez sim, seja preguiça mental. Precisamente porque não lhes exigem mais.
E meu caro, o futebol cada vez anda mais longe das minhas prioridades,além de que isso seria estar a colocar a carroça à frente dos bois. É que falta resolver esta eliminatória.

Abraço

Safira disse...

Se nem as traduções do inglês saem acertadas!...
Creio que os tradutores, por preguiça ou simples chicoespertismo andam a recorrer muito a tradutores online, com os resultos funestos que daí advêm.
E também não parece haver muito cuidado com as revisões, e por aqui me fico, senão tenho conversa até amanhã.
Saudações leoninas, no rescaldo do desaire do 'inimigo' comum ;)

JC disse...

De acordo quanto às traduções. Quanto ao inimigo comum, direi que mais de uns ("lampiões") do que de outros ("lagartos")...

VdeAlmeida disse...

Não, nessas coisas não me apanham. No futebol ou em qualquer outro desporto, não tenho inimigos, só adversários. Uns mais, outros menos simpáticos

Karocha disse...

JC

Não gaste energia a irritar-se, eles nem Português sabem falar, quanto mais o resto!
Já ouvi o Marcelo dizer "Prontos" e "Aitem" parece que não sabe latim...

JC disse...

E ele não diz "treuze", Karocha?

Karocha disse...

Vai na volta sim JC!
Já não logo ao que ele diz :-))))