segunda-feira, fevereiro 20, 2012

Derrota

Equipa em "surménage", cansada física e mentalmente, sem qualquer capacidade de explosão na frente e jogando a uma só velocidade (baixa). Sofreu o golo do costume e, pela primeira vez, não marcou. Por isso, perdeu. Ressaca dos 15º negativos e do terreno de São Petersburgo?

Bom, tinha três jogos (VSC, AAC e FCP) para perder dois pontos e já perdeu três. Terá que ganhar os dois restantes e irá jogá-los sobre brasas, o que não é bom para uma equipa que se costuma mostrar intranquila e menos fiável nos jogos decisivos.

Nota 1: Gaitán já percebeu que joga numa equipa ou precisa de ficar no banco para conseguir perceber? Confesso que é um jogador que me irrita.
Nota 2: num jogo fora, contra uma boa equipa como é o VSC, sem Javi Garcia, o SLB pode dispensar Axel Witsel?

9 comentários:

gin-tonic disse...

Caro JC:
Quando JJ começa a inventar acontece o filme que estamos fartos de ver.
As tuas considerações pode ser que tenham cabimento mas, como sou suspeito em relação ao JJ, não hesito: é ele que perde o jogo.
Em relação ao Gaitan já disse o que tinha a dizer e é mandarem-no embora enquanto ainda existe uns ceguinhsos que o prtendem comprar...

JC disse...

Não acho tivesse sido JJ quem perdeu o jogo. Embora a equipa fique mais consistente c/ Witsel, não foi por aí, fundamentalmente, que a equipa perdeu: foi mais pela falta de capacidade de explosão na frente. Mas JJ tem estado hesitante em resolver o problema que Rodrigo lhe criou: dois ponta de lança e Javi e Witsel no meio-campo ou tirar um deles e pôr Aimar? Enfim...

gin-tonic disse...

Enfim... pode ser que tenhas razão mas tenho sempre a impossibilidade de não soltar a minha ideia que o JJ não é treinador para o SLB, mesmo que ganhe tudo o diz que vai ganhar!!!!!!
O Rodrigo não estava em condições de alinhar.
E aquelas substituições a escassos minutos do final do jogo?
Enfim...

João Duarte disse...

Percebo que se critique o JJ por uma decisão errada (ex.: excluir o Witsel do 11 inicial, apesar de não se saber como ele estava fisicamente). Agora dizer que o JJ n é treinador para o Benfica é esquecer todo um passado recente antes do JJ chegar ao Benfica! Querem o quê? Quem ganhou no Benfica antes do JJ? Quem pôs o Benfica a jogar melhor futebol que ele?

Se toda a gente pensasse assim, tinhamos um treinador novo todos os anos! E eramos o Sporting de encarnado!

Finalmente vejo um Benfica estável, onde as coisas são pensadas e feitas com cabeça a todos os níveis (não só no futebol mas também na parte de gestão da SAD). Mas relativamente ao JJ, finalmente vejo no Benfica uma equipa de futebol treinada,onde existe um modelo e estratégia de jogo, onde cada um sabe o que anda lá a fazer, onde existe motivação e espirito de vitória, ... erros pontuais todos cometem, mas ganhar de forma continuada, recuperando de desaires (como o ano passado), isso já não via no Benfica há muito tempo.

Muito disto se deve ao JJ e ao LFV que soube montar uma estrutura e dar-lhe a estabilidade necessária para trabalhar, protegendo-a do sócio tipico que quer mudanças após a primeira derrota!

VdeAlmeida disse...

O meu caro JC sabe por acaso se o Urreta estará melhor daquela terrível gripe?

JC disse...

Caro VdeAlmeida: já sabe o que penso sobre os empréstimos entre equipas que jogam na mesma competição.Não penso diferente quando está em causa o meu clube. Não vale a pena insistir.

lawrence disse...

Sem querer meter pregos no caixão, começa a ser recorrente JJ nos jogos mais exigentes vir com invenções que invariávelmente prejudicam a equipa.
Normalmente descompensa a equipa.
Tem sido também nos jogos mais importantes ou de mais elevado grau de exigência que se tem perdido as provas onde contumamos estar envolvidos.
Cabazadas a equipas fracas são bonitas mas na volta também é preciso ganhar às fortes e pode ser por 1 - 0 a todas!
O que me preocupou mais ontem foi ver o treinador só a olhar como se estivesse a ver o fim-do-mundo e alguns jogadores a esconderem-se.
Para rematar, fazer substituições nos últimos dez minutos quando, em função do que a equipa tinha feito na 1ª parte, ou era ao intervalo ou, para seguir a "cartilha" dos treinadores (não sei porquê), aos 10 minutos da 2ª.
Deve ter sido para queimar tempo!
Foi muita coisa má junta.
Até nem foi preciso o malabarista do apintador fazer nada do outro mundo!
A um Almeida, cuidado com os próprios telhados!

gin-tonic disse...

Caro João Duarte,
De modo algum disse que o Benfica deveria correr com o JJ.
Estou de acordo que, salvo qualquer crime de lesa-pátria, os contratos são serem cumpridos.
Apenas disse, não é de hoje, que o JJ não é treinador para o Benfica.
Já tivemos por lá tanta tropa fandanga que o JJ, até não será dos piores, mas é uma irreprimivel irritação que tenho com ele. Problema, erro meus mas que - hélas! - não consigo evitar.
Até tivemos um treinador, John Mortimore, que ganhou um campeonato e uma Taça de Portugal e que foi dispensado porque alguém, de quem esqueci o nome, disse que o Benfica precisava de inovar, ou lá o que era.
Sabe-se no que deu a inovação...
Claro que o futebol é o que é e não será o JJ que me fará deixar de ser do Bnfica, algo que, pelo menos já acompanho desde 1953.
Ontem fiquei pólvora, ai isso fiquei, deixei o meu lamento mas, como costumo dizer, nada que um bom gin-tónic não faça esquecer.
Um abraço

JC disse...

Respondo no próximo "post".