terça-feira, janeiro 22, 2013

Jorge Jesus e a "perfeição"

Escusado dizer estou em desacordo com Jorge Jesus quando este diz "fizemos uma primeira volta quase perfeita". Num campeonato muito desequilibrado, em que os jogos entre os teoricamente candidatos ou equipas mais fortes serão decisivos, o SLB empatou os seus dois jogos em casa, enquanto o FCP já conseguiu quatro pontos nas suas deslocações a Braga (3) e à Luz (1). Para além disso, nas quatro épocas que Jorge Jesus leva como treinador do SLB, nunca conseguiu vantagem sobre o FCP nem uma vitória em Braga, acrescendo que na época em que foi campeão conseguiu ganhar os dois jogos na Luz contra FCP e SCB, ambos por 1-0. Tem no próximo sábado oportunidade para se redimir (convém lembrar que perdeu para o SCB uma 1/2 final da Liga Europa), ganhando em Braga e assim provando é treinador para as grandes ocasiões. Escuso também de dizer que espero bem o faça.

2 comentários:

Anónimo disse...


Só uma pequena "correcção":
Dito por JJ será antes "parfeição" ele que se considera um treinador "parfeito".

Cumprimentos

JC disse...

:-)