sexta-feira, abril 20, 2007

O presidente do FCP

O presidente do FCP, a personalidade portuguesa mais genuinamente parecida com um "Padrinho", acaba de declarar que "transformou uma empregada de alterne em escritora". Para além do mau gosto da declaração - que fica com quem a pronunciou - esqueceu-se de acrescentar que, antes disso, a transformou em sua mulher e madrasta de sua filha.

2 comentários:

Bianca Castafiore disse...

Gostei da sua observação. Ou melhor: gostei das DUAS observações. Este Padrinho realmente não mede as suas palavras tal como não mede as suas acções.
Podia tomar algumas lições de Dom Corleone, ainda assim. O ganster tinha mais decência do que este... (hesito em usar o termo CAVALHEIRO!)nacional.

Bianca Castafiore disse...

ups... o GANGSTER, claro! :)