quinta-feira, março 27, 2008

A "Stôra" Adozinda Cruz

Dois conselhos dirigidos à “Stôra” Adozinda Cruz (aka “a velha”), professora do Carolina Michaëlis vítima de um grave acto de indisciplina durante uma aula que era suposto ser por si dirigida e que qualquer formação específica, que pelos vistos não teve ou rapidamente esqueceu porque dela não precisava para progredir na “carreira”, lhe devia ter explicado:

Ao deixar que os alunos mantivessem o telemóvel ligado durante a aula, está a infrigir uma fundamental "lei de Murphy": “o que pode correr mal, corre mal”. Claro está, correu!

Ao deixar a cada aluno, individualmente considerado, a iniciativa, está a abdicar de dirigir o grupo, acabando, como é evidente, por perder totalmente o seu controle.

Significa isto que não pode, se isso se justificar, dar uma aula, digamos assim, “aligeirada”? Claro que pode, se não se esquecer das regras básicas que deveriam presidir á condução de um grupo e à sua actividade profissional, isto é, se não abdicar de dirigir e controlar a aula. Falta de "vocação"? Não, total ausência de formação e do mais elementar profissionalismo!

2 comentários:

NP disse...

Para este peditório "já dei"... :)

NP disse...

Mas vou dar mais uma "dica":

Reinserção Social » Justiça de Crianças e Jovens - Medidas na Comunidade

É só uma ideia... nada mais! ;)