sexta-feira, julho 22, 2011

Os contratos dos futebolistas

Enquanto alguns clubes de referência, assumindo as respectivas perdas (que raio!, perdem tanto dinheiro com disparates de gestão...), não decidirem accionar judicialmente ou tratarem de colocar sem competir jogadores que façam chantagem sobre os clubes para a rescisão unilateral de contratos livremente celebrados e em vigor, dando um exemplo rigoroso de cumprimento contratual, estas "cenas macacas" de início de época, com jogadores, muitas vezes pressionados por empresários, a decidirem que querem mudar-se para o clube X ou Y "porque sim", irão continuar a manter-se indefinidamente, prejudicando gravemente o funcionamento dos clubes e a imagem global da indústria. Alguém está a ver atitudes destas na NBA, por exemplo? 

4 comentários:

JC filho disse...

Concordo plenamente. Sempre disse, desde os tempos do Miguel e do Tiago. Era fazer deixar o primeiro sem jogar durante 4 anos e os ouros já não repetiam a graça! O Benfica já perdeu muito dinheiro com atitudes dessas (ex.: Miguel , Tiago, ...). O Luisão é costume nestas alturas. Só n percebo como, depois de faltar ao respeito tantas vezes ao clube, ainda é capitão!

Só não conordo com a NBA. Este ano nem vai haver NBA porque os jogadores se recussaram a jogar. É uma situação diferente (pediram-lhes para cortarem os ordenados, devido às dificuldades financeira da NBA), mas não deixa de ser caricáto ver jogadores que recebem milhares de milhões de doláres, recusarem um corte de ordenado e ficarem sem ver um charuto!

JC disse...

OK, mas o caso NBA é diferente e nada tem que ver com incumprimento contratual unilateral. É uma questão de conflito laboral colectivo.

VdeAlmeida disse...

Meu caro
Até estou de acordo consigo. Só que a coisa tem dois lados: e os jogadores que são "encostados" e a treinar à parte, violando os clubes desse modo, todos os direitos dos seus empregados, só porque acham que encontraram melhor para o lugar. Porque assinam eles por 5 anos com um jogador, e o metem de lado ao fim de dois? Sabe-se como actuam os agentes dos jogadores e como eles lhes fazem a cabeça, mas os dirigentes não se portam muitas vezes de forma correcta. Isto, claro, já para não falar dos salários em atraso, ou dos prémios devidos que não são pagos quando existe a famigerada "rescisão por mútuo acordo".

Abraço

(vamos lá a ver como o meu clube se porta frente à Juventus...)

JC disse...

Certo, tb há mtºs casos de irregularidades no cumprimentos dos contratos por parte dos clubes, mas "ceci n'empêche pas cela". Neste caso, estou apenas a falar da tentativa de forçar a rescisão por parte de jogadores que assinaram, mtªs vezes recentemente, conratos de livre vontade c/ os clubes. Quanto ao seu SCP, vou tentar ver pelo menos a 1ª parte.