terça-feira, julho 12, 2011

Nunca é demais elogiar o que tem sido a actuação da Presidente da A.R.

Uma vez mais, cabe-me a justiça de elogiar Assunção Esteves. Em época de crise e em país no qual tantas vezes os direitos humanos têm um papel puramente instrumental, isto é, invocam-se apenas enquanto dão jeito, estas afirmações da Presidente da Assembleia da República, com a importância e autoridade de virem da segunda figura do Estado, constituem um enorme exemplo de actuação democrática e provam que muita vezes é o perfil pessoal de cada um que também contribui para definir o conteúdo de um determinado cargo político. Que diferença para Cavaco Silva!

2 comentários:

Anónimo disse...

Muito bom, João. Vou partilhar!

Ps- os anos estão a fazer-lhe bem. Gosto/identifico-me muito com os seus comentários.
Teresa (companheira de cave em tempos idos)

JC disse...

Thanks.